W G C

Sistemas

Datas marcadas

O edital do leilão do 5G já foi aprovado pela Anatel e deve acontecer no dia 4 de novembro de 2021. 

A data para as empresas interessadas enviarem suas propostas ao órgão regulatório é até o dia 27 de outubro. Esse é o prazo máximo para as grandes operadoras ou provedores de internet mostrarem interesse em participar. 

Provedores de internet do interior criticam o leilão 

Apesar da proximidade do leilão, o texto base está sendo alvo de muitas críticas por grande parte dos provedores, sobretudo os que atuam nas pequenas e médias cidades.  Segundo a iniciativa 5G Brasil, consórcio em que participam 382 provedores de internet do país, as definições do documento favorecem a implementação da tecnologia por grandes operadoras e empresas estrangeiras. A primeira reclamação é sobre a aglutinação das faixas 700 MHz e de 2,3 GHz, garantindo largura de banda e alcance aos possíveis vendedores.

O segundo ponto levantado é de que a tecnologia será adotada primeiramente nas grandes cidades. A maioria dos pequenos provedores estão localizados justamente nas cidades interioranas. Ainda segundo eles, há vários pontos que impedem que o 5G seja expandido para o todo País. 

Outro problema apontado diz respeito ao roaming nacional obrigatório, tema que ficou fora da discussão entre os ministros. Segundo a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), esse ponto poderá ser regulado em medidas posteriores. Segundo especialistas, esses pontos levantados pela iniciativa são inegociáveis para que a competição das empresas brasileiras frente às multinacionais seja justa e a garantia de acessibilidade em todo o país seja possível. 

O problema estaria se repetindo

O mesmo problema aconteceu com a implementação das frequências 3G e 4G no Brasil, que tiveram como ponto de partida as grandes capitais e afastaram a tecnologia das pequenas cidades do interior. 

Continue acompanhando o nosso blog e fique por dentro das principais notícias para o seu provedor! 

Posts Relacionados

Deixe um Comentário